quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Danilo Pereira (Parma FC)

Bookmark and Share

O excelente desempenho da selecção nacional sub-20 no recente Mundial da categoria fez levantar algumas interrogações acerca da escassa aposta dos clubes portugueses nos jovens lusos. A qualidade evidenciada pelo conjunto de Ilídio Vale poderá fazer despertar uma nova mentalidade nos responsáveis de modo a valorizar de forma mais efectiva o produto nacional.

Nesta prestigiada prova internacional, a formação portuguesa apresentou-se com um rendimento de alto nível, o que levou a que algumas individualidades estivessem em plano de destaque, como o caso de Danilo Pereira, que viu desde logo o seu nome apontado a grandes clubes europeus dadas as suas exibições personalizadas e convincentes.


Nome: Danilo Luís Hélio Pereira
Nascimento: 09/09/1991 (20 anos)
Naturalidade: Bissau - Guiné-Bissau
Altura: 187 cm
Peso: 65 kg
Posição: Médio-Defensivo
Clube: Parma FC - Itália
Percurso: Arsenal 72 (2002 -2005), Estoril Praia (2005-2008), Benfica (2008-2010), Parma (desde 2010): empréstimo ao Aris Salónica (2010/2011)
Nº Camisola: 14


Natural da Guiné-Bissau, o jovem emigrou para o nosso país com apenas seis anos, acompanhando a sua mãe que, em face das necessidades familiares, decidiu mudar-se para solo português. O gosto que sentia pelo futebol levou a iniciar-se num clube próximo da sua área de residência, nomeadamente o Arsenal 72, emblema do concelho de Sintra, onde tomou o primeiro contacto com o desporto-rei.

O médio ia demonstrando algum valor, acabando por se mudar para o Estoril Praia na categoria de Iniciados, subindo mais alguns degraus na sua evolução, o que não passou despercebido ao Benfica, que o resgatou para a sua equipa júnior, onde seria uma opção regular dos técnicos e encarado como uma promessa da turma encarnada.

Ainda assim, o jovem, findo o seu percurso de formação, não chegou a acordo com os responsáveis benfiquistas para rubricar um contrato profissional, sendo, deste modo, um jogador livre. Face à sua prestação no Europeu de sub-19 em 2010, onde mereceu elogios da crítica internacional, Danilo Pereira recebeu vários convites de clubes estrangeiros, acabando por escolher o Parma, clube ao qual se vinculou por cinco anos.

Visto como o novo Patrick Vieira, tendo em conta as parecenças físicas e futebolísticas com o antigo internacional francês, o médio não teve grandes oportunidades na primeira equipa dos gialloblu, sendo por isso cedido ao Aris Salónica na segunda metade da temporada 2010/2011, onde conseguiria um registo de dois golos em apenas cinco partidas.

O Mundial sub-20 mostraria, porém, que o médio possui qualidade para singrar no panorama internacional, revelando-se um recuperador de bolas incansável e, simultaneamente, o primeiro construtor de jogo ofensivo da sua equipa, fazendo uso da sua sensacional leitura de jogo. Esta prova permitiu-lhe não só confirmar todo o seu potencial mas também cativar a atenção de alguns colossos europeus, tendo os responsáveis do Parma decidido mantê-lo no plantel principal que irá tentar atingir a permanência na Serie A.

Filipe Jesus

1 comentários:

dono jono disse...

thank you for sharing
obat kuat viagra
viagra asli
jual viagra
viagra usa

4 de abril de 2018 às 22:21

Enviar um comentário