sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Brek Shea (FC Dallas)

Bookmark and Share

Desde que David Beckham, Fredrik Ljungberg e Thierry Henry chegaram ao campeonato americano, a Major League Soccer (MLS) passou a ter uma cobertura mediática como nunca dantes visto. Mesmo estando o futebol nos EUA muito distante do sucesso de muitas outras modalidades desportivas, a MLS tem-se tornado cada vez mais competitiva e interessante de se acompanhar. Isto porque, apesar de muitos pensarem que esta é apenas uma liga para os jogadores terminarem a carreira e conseguirem o seu contrato de sonho, é possível encontrar também jovens promessas com a qualidade de Brek Shea, a quem dedicarei este artigo.

Brek Shea nasceu no estado do Texas e sempre se destacou pelos seus dotes futebolísticos nos colégios por onde passou. Em 2005 chegou à IMG Soccer Academy – conceituada academia por onde também passaram nomes como Donovan, Beasley ou Onyewu –, que lhe proporcionaria uma experiência no Bolton dois anos mais tarde. Apesar de não ter agradado aos dirigentes dos Wanderers, Brek Shea continuou a mostrar serviço no seu país natal e em 2008 assinou pelo FC Dallas, tornando-se futebolista profissional.


Nome: Dane Brekken "Brek" Shea
Nascimento: 28/02/1990 (21 anos)
Naturalidade: College Station, Texas - EUA
Altura: 191 cm
Peso: 82 kg
Posição: Lateral / Extremo-Esquerdo
Clube: FC Dallas - EUA
Percurso: IMG Soccer Academy (2005-2008), FC Dallas (desde 2008)
Nº Camisola: 20


Atendendo à sua alta estatura, nunca ninguém imaginou sequer que a sua verdadeira posição seria como extremo. Durante os dois primeiros anos foi testado por várias vezes como avançado, médio-centro e até defesa-central sem nunca conseguir realmente impor-se. Até que em meados de 2009, face a várias ausências por lesão, o técnico decidiu testá-lo como extremo-esquerdo e aí tudo mudou.

Brek Shea provou ser um jogador rápido e explosivo, conseguindo contrariar facilmente a inércia que o seu possante corpo (1,91 m e 82 kg) possa criar. De drible curto e assertivo, tem um pé esquerdo fabuloso que coloca a bola onde quer. Tem um remate muito forte e colocado, marcando vários golos de antologia, e consegue tirar com frequência cruzamentos venenosos para a área adversária. Sempre que o vejo jogar lembro-me de Gareth Bale.

Desde que chegou ao Dallas, Shea conseguiu 16 golos e 12 assistências num total de 77 partidas. Figurou por variadíssimas vezes na equipa da semana da MLS e foi eleito para o onze ideal do último campeonato. É já presença habitual nas convocatórias de Jurgen Klinsmann, contando até ao momento com nove internacionalizações A.


Vídeo:

Brek Shea esteve no passado mês de Novembro à experiência no Arsenal, mas até agora não se sabe se conseguiu ou não convencer Arsène Wenger. Na verdade, depois de Freddy Adu e Jozy Altidore se terem revelado uns autênticos flops, os clubes europeus têm-se mostrado um pouco reticentes na contratação de jogadores americanos. Porém, o caso de Brek Shea parece-me ser bem diferente, pois acredito plenamente que este jovem tem tudo para fazer furor na Europa.

4 comentários:

aznag. disse...

http://artigosdefutebol.blogspot.com/

Parceria?

6 de janeiro de 2012 às 19:18
Anónimo disse...

há jogadores portugueses com muito mais potencial e por isso penso que se deveria apostar nos jovens portugueses e não em jogadores nort americanos.

15 de janeiro de 2012 às 17:19
Rumo ao Estrelato disse...

O Rumo ao Estrelato pretende dar a conhecer as jovens promessas de todo o planeta. O núcleo de jogadores portugueses, a par dos que vêm da Premier League e da Bundesliga, é dos mais fortes no blogue. Há dois anos abrimos até uma votação para eleger os melhores portugueses a alinhar na Liga Orangina e na Liga Sagres. Caso tenha conhecimento de alguma jovem promessa portuguesa que mereça destaque não hesite em enviar-nos o nome para observação. Nós agradecemos ;)

15 de janeiro de 2012 às 18:50
Anónimo disse...

Teem aqui um excelente blog , vou acompanhar :)

10 de maio de 2012 às 17:14

Enviar um comentário