quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Jay Rodriguez (Burnley FC)

Bookmark and Share

O Burnley é um clube que tem o hábito de reaproveitar jogadores que não conseguem singrar nos clubes em que são formados, relançando alguns com bastante sucesso. O último foi Chris Eagles, que depois de ter frequentado os escalões de formação do Manchester United e não se conseguir impor na equipa principal, foi parar ao Turf Moor pelas mão de Owen Coyle, que este ano o 'pescou' para o Bolton. Actualmente, Junior Stanislas e Zavon Hines, emprestados pelo West Ham, estão precisamente na mesma situação.

O que não é normal para os The Clarets é formar jogadores com o potencial de se poderem vir a tornar grandes estrelas. Jay Rodriguez é por isso uma excepção à regra, que se tem destacado principalmente nestes dois últimos anos, assinando 14 tentos no passado Championship e dez no que ainda decorre. De descendência espanhola e filho de Kiko (ex-Deportivo da Corunha e Burnley), este jovem jogador é bom nas bolas paradas, excelente na desmarcação e de remate muito fácil.


Nome: Jay Enrique Rodriguez
Nascimento: 29-07-1989 (22 anos)
Naturalidade: Burnley - Inglaterra
Altura: 185 cm
Peso: 69 kg
Posição: Avançado
Clube: Burnley FC - Inglaterra
Percurso: Burnley (desde os escalões de formação): empréstimos ao Stirling Albion (2008) e Barnsley (2010)
Nº Camisola: 9


A dupla nacionalidade de Jay Rodriguez deve-se ao facto de ter nascido em território inglês, quando o seu pai representou o Burnley. A família fixou-se em Inglaterra e Rodriguez cresceu e fez-se pessoa e jogador em terras de Sua Majestade.

A primeira presença na equipa principal deu-se em 2007, diante do Bristol City. Nessa temporada ainda foi cedido ao Stirling Albion, clube da primeira divisão escocesa, onde marcou três golos em onze partidas. O primeiro golo pelo Burnley foi marcado na Taça da Liga, frente ao Fulham. Em 2009, contra o Nottingham Forest, o jovem jogador marcou um golo fenomenal, que ganhou o prémio de melhor tento do Burnley nessa época. Foi também preponderante para a subida da equipa à Premier League.

No plano internacional, Jay Rodriguez decidiu optar pela selecção inglesa, estreando-se entretanto pelo escalão sub-21. Stuart Pearce chamou-o para o particular com a Itália, entrando à passagem do minuto 60 para substituir James Vaughan.

O Burnley ainda pode subir de divisão e Jay Rodriguez é a sua maior referência atacante. Cresceu bastante desde que assumiu um lugar preponderante na primeira equipa e começa a chamar a atenção dos papões ingleses. É um jovem de bastante talento e com uma boa finalização. É alto e desembaraça-se bem entre os centrais. Ideal para a Premiership?

1 comentários:

Morais disse...

Depois de muitas tentativas, espero que seja agora a afirmação do A Visão da Bancada no mundo da blogosfera, por isso, venho aqui propor uma troca de links, aceitam?

http://avisaodabancada.blogspot.com/

5 de fevereiro de 2012 às 17:31

Enviar um comentário