quarta-feira, 12 de junho de 2013

Luís Silva (SC Braga)

Bookmark and Share


A última temporada do Sporting de Braga originou um misto de sentimentos na massa adepta arsenalista. Se, por um lado, a conquista da Taça da Liga constituiu uma proeza muito aguardada, a ausência da próxima edição da Liga dos Campeões deixou um indisfarçável amargo de boca nos bracarenses. Desse modo, António Salvador decidiu operar uma pequena revolução na equipa.

Mesmo quando a época não tinha ainda terminado, percebia-se que José Peseiro não continuaria no comando técnico. O presidente entendeu que a estada do treinador em Braga seria apenas de um ano e, dessa forma, fechou algumas contratações com a época ainda em curso. O médio Luís Silva entrou no radar de Salvador e é uma das apostas para a nova era no Estádio AXA, que terá o professor Jesualdo Ferreira como timoneiro.


Nome: Luís Manuel Costa Silva
Nascimento: 29/09/1992 (20 anos)
Naturalidade: Matosinhos
Altura: 185 cm
Peso: 75 kg
Posição: Médio Centro
Clube: SC Braga
Percurso: Leixões SC (2002-2013), SC Braga (desde 2013)
Nº Camisola: -


O jovem cresceu na formação do Leixões, que tem sido a principal fonte do plantel principal matosinhense nas últimas épocas. É assim um dos bebés de Matosinhos, dados os vários anos em que carregou o emblema leixonense ao peito. O seu percurso nas camadas jovens resumiu-se ao clube nortenho e é um dos rostos que evidencia o trabalho de qualidade que permite que vários miúdos sejam aproveitados para a formação sénior.

Nesta perspectiva, os treinadores que orientam o Leixões estão conscientes que a aposta em jovens da formação tem tudo para dar certo. Foi o que pensou Litos quando decidiu lançar Luís Silva há duas temporadas. A cumprir o seu primeiro ano no escalão sénior, o médio actuou com bastante regularidade, mesmo após a troca no comando técnico, com a entrada de Horácio Gonçalves.

Apesar da boa época de estreia nas provas profissionais em 2011/2012, a temporada que agora terminou foi a da sua plena afirmação. Com uma marca impressionante de 44 jogos e com o registo de 7 golos, o camisola 11 do Leixões foi peça fundamental para o clube lutar pela subida até às últimas jornadas, após um início algo titubeante. A sua regularidade exibicional foi a nota dominante, revelando uma invulgar condição física.

A enorme capacidade de trabalho e sentido de equipa são os seus principais predicados. O jovem é um verdadeiro box-to-box, que alia um poder de recuperação de bolas a uma capacidade de aparecer em zonas próximas de finalização admiráveis. Este foi, talvez, o aspecto em que mais cresceu esta temporada, que lhe permitiu obter alguns golos importantes para a sua equipa.

A chamada à selecção de sub-21 foi o corolário da magnífica temporada que realizou na Segunda Liga. O Sp. Braga acautelou-se e garantiu, ainda antes de terminar a época, a sua aquisição. Luís Silva pode ser assim o substituto de Hugo Viana e comprovar que na maternidade de Matosinhos ainda nascem bebés valiosos.

Filipe Jesus

2 comentários:

maldini disse...

hola,Eu gostaria de uma troca de links entre o seu blog eo meu, seu blog é muito interessante
http://ojeadordelfutbol.blogspot.com.es/

15 de junho de 2013 às 22:10
João disse...

Adiciona o meu segundo blog:
http://galaxiafutebolistica.blogspot.pt

P.S.: O blog Mundo Talentoso continuará ativo.

Abraços

26 de junho de 2013 às 10:25

Enviar um comentário